Conheça os diferentes formatos de TCC

Conheça os diferentes formatos de TCC

Variadas metodologias de pesquisa podem ser pertinentes em um Trabalho de Conclusão de Curso

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é o último grande desafio dos estudantes na graduação de ensino superior. Destacam-se nesse momento produções como a monografia, o artigo científico ou o projeto experimental – no entanto, existem diferentes formatos e possibilidades praticadas pelas universidades. A seguir, reunimos algumas das principais metodologias de pesquisa que podem ser aplicadas:

monografia é o tipo de TCC mais comum de ser encontrado nas faculdades. Com um caráter científico, busca aprofundar algum assunto específico da área. No geral, ela acontece após um projeto de pesquisa que vai levantar hipóteses, sondar alguns resultados e, especialmente, selecionar autores e obras para embasar o trabalho. Após capítulos de exposição do tema, rico em referenciais teóricos, o estudante finaliza com alguma conclusão que possa ser tirada a partir da pesquisa. Tal qual os demais trabalhos de conclusão, deve estar de acordo com as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Outro formato usual em diversos cursos é o chamado artigo acadêmico. Tal qual a monografia, requer um detalhado processo de pesquisa prévio para reunir informações sobre o tema e os referenciais teóricos, importantes para já compreender os possíveis desdobramentos do trabalho. No entanto, trata-se de uma estrutura mais objetiva: geralmente inferior a 20 páginas.

Já o projeto experimental é um formato teórico-prático aceito na graduação em algumas áreas – sendo visto com mais frequência em cursos de Comunicação como Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Relações Públicas, Marketing ou Cinema. Também alinhado com as normas da ABNT, está entre os tipos de TCC que mais conciliam a academia com o mercado de trabalho, visto que os estudantes devem apresentar uma proposta que seja aplicável em alguma organização. Ao mesmo tempo que estimula a experimentação e o contato com situações reais, não deixa de lado a necessidade de uma reflexão teórica bem desenvolvida.

Outro método baseado em situações percebidas no mercado e na sociedade é o estudo de caso. Nesse tipo de TCC, o estudante se propõe, norteado por referências bibliográficas da área, a identificar e observar um problema. Após a pesquisa, que no geral envolve a análise de dados qualitativos e/ou quantitativos, o trabalho deve indicar alguns caminhos possíveis para solucionar o problema evidenciado.

Acima, listamos as metodologias de pesquisa mais comuns nas universidades brasileiras. Mas é importante destacar que há, ainda, diversos outros tipos, como revisão da literatura, pesquisa de recepção, projeto arquitetônico e/ou urbanístico, plano de negócio, paper, dentre outros.

A escolha do formato mais adequado de TCC está relacionada com a área de estudo em questão, bem como com os principais interesses pessoais do estudante. Por exemplo, quem deseja seguir a carreira acadêmica tende a preferir construir uma monografia, enquanto outras pessoas percebem no estudo de caso uma oportunidade de se aproximar mais do mercado de trabalho.

Fonte: Caio Spillere / Assessoria Martha Becker In: FUNDACRED

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *